2. Vaticano II

Página inicial > Crise da Igreja

CONCÍLIO VATICANO II

(1962-1965)

Concílio Vaticano II (1962-1965)

Pode-se criticar o Concílio Vaticano II?
Autoridade de um concílio pastoral
A Igreja oficial faz da aceitação do Concilio Vaticano II para os “Tradicionalistas” uma condição “sine qua non” de qualquer “acordo”, como reiterou ainda estes dias o Cardeal Ricard, falando do caso do IBP em Bordeaux. Será que não tem escolha?

Pode haver erro em documento do magistério pontifício ou conciliar?
Pode haver erro em documento do Magistério Pontifício ou Conciliar não infalível? É possível, em dadas situações, suspender o assentimento religioso licitamente e sem temeridade? E quanto ao assentimento externo, ou silêncio obsequioso?

Cartas do Concílio (I)
Cartas do Concílio (II)
O teólogo de Dom Lefebvre conta o sofrimento durante o concílio. Um impressionante paralelo entre o Concílio e as Bodas de Caná.

Resposta de Dom Lefebvre ao Card. Ottaviani
Sobre as conseqüências do Concílio Vaticano II, escrita um ano após o encerramento do mesmo.

– A Crise Eclesiástica e o Concílio
Jornal Sim Sim Não Não, no. 136.

Sinopse dos erros imputados ao Concílio Vaticano II
Trabalho resumindo os erros de Vaticano II.

 – El quiebre doctrinal del Concilio Vaticano II
Ciclo de conferências por padres da Fraternidade São Pio X, áudio em espanhol.

Seções relacionadas com Vaticano II:

a. Liberdade Religiosa

b. Ecumenismo

c. Colegialidade


%d blogueiros gostam disto: