Comentários Eleison 194 – Para onde agora?

Página inicialEleison Comments

PARA ONDE AGORA?

ELEISON COMMENTS CXCIV (02 de abril de 2011)

Formato para impressão (em PDF).

Se, como parece ser o caso, as discussões doutrinais mantidas no ultimo ano e meio entre Roma e a FSSPX não persuadiram Roma a se converter nem a FSSPX a trair, então uma questão se levanta: para onde nós iremos? Certamente a crise do Vaticano II provou aos católicos a necessidade dos fiéis pensarem por si próprios sobre esta questão, e não apenas seguirem cegamente seus líderes – não estão milhões de católicos sendo conduzidos calmamente à apostasia? Este é o porquê dum gaulês combativo fazer três perguntas aos bispos da FSSPX, certamente sérias o suficiente para precisar de uma resposta (suas perguntas foram abreviadas e adaptadas):

Na sua opinião, o recente anúncio de Assis III, comemoração solene do encontro ecumênico de várias religiões encabeçado por João Paulo II, há 25 anos em Assis, acrescenta algo novo ao que nós já sabíamos sobre o percurso ecumênico que Bento XVI tem seguido?

Resposta: É mais uma prova de que a liderança da Igreja em Roma está decidida a perseverar no desastroso caminho da aprovação católica oficial a todas as religiões. “Eu não acho que podemos dizer,” dissera o Arcebispo Lefebvre, “que Roma não perdeu sua fé”.

Na sua opinião, esse anúncio aprova ou desaprova a oportunidade de discussões doutrinais sendo mantidas entre a FSSPX e Roma?

Resposta: Ele certamente prova a oportunidade delas chegarem ao fim. Enquanto elas estão indo, têm vantagens colaterais, bem enumeradas pelo Bispo de Galarreta (ver EC 156, 10 de julho de 2010). Entretanto, a sua simples realização também possui a desvantagem de criar nas almas falsas esperanças ou temores verdadeiros de pseudo-reconciliação entre posições doutrinais que são, em realidade, absolutamente irreconciliáveis. O anúncio de Assis III tem ajudado a pôr um fim em tais esperanças e temores, ao menos por hora – mas sonhadores se apegam a seus sonhos!

Assim como Assis I foi um grande incentivo para o Arcebispo Lefebvre consagrar quatro bispos em 1988, poderá o anúncio de Assis III estar encorajando a FSSPX a consagrar mais bispos?

Resposta: o Superior Geral da FSSPX respondeu a esta questão dois meses atrás nos EUA. Ele disse que se as circunstâncias de 1988 que levaram o Arcebispo Lefebvre a consagrar se repetissem, então poderia haver mais bispos. Então vem a pergunta: estão as circunstâncias de Assis III repetindo as mesmas de Assis I? Alguém poderia apenas responder, as opiniões variam. Muitos católicos sérios pensam que as circunstâncias apenas ficaram muito piores, mas esta não é necessariamente a opinião do Bispo Fellay, que como Superior Geral é responsável por tão grande decisão da FSSPX.

Então de volta a nossa pergunta original: para onde irá a FSSPX? A resposta é clara. Ela deve continuar o caminho traçado por seu fundador, nomeadamente a firme resistência aos apóstatas (ao menos objetivamente falando) em Roma, fazendo conhecer de modo mais amplamente possível o diagnóstico do Arcebispo sobre os problemas da Igreja e do mundo que de outra forma não se podem resolver. Sua solução é simplesmente manter a vida católica em conformidade com a doutrina católica pré-Conciliar e a moral de sempre, para a maior glória de Deus e para a salvação de tantas almas quanto possível.

Kyrie eleison.

Anúncios